Como funciona o código de barras para livros?

  Questões técnicas

O padrão de código de barras para livros utilizado no Brasil é o EAN. Inicialmente denominado European Article Number, hoje é considerado um padrão global, cuja sigla original optou-se por manter. Embora utilizado na identificação dos mais diversos produtos, o EAN acaba tendo uma particularidade quanto à sua utilização em livros: de 2007 em diante, ou seja, a partir do estabelecimento do ISBN de 13 dígitos, os números do próprio ISBN da publicação compõem o código de barras. E é por isso que, na quarta capa dos livros encontramos, em geral, uma imagem como esta:

 

Publicações anteriores a 2007 (sem reimpressão com o ISBN atualizado para o padrão atual de 13 dígitos), apresentam ainda o modelo antigo de ISBN, com 10 dígitos. Sendo o código de barras em si, mesmo nesses casos, já composto por 13 números.

Livros publicados nos Estados Unidos e no Canadá apresentam uma extensão de 5 dígitos ao código de barras utilizado internacionalmente. Esse apêndice contém informação indicativa de preço. Quando essas obras são comercializados fora desses países de origem, simplesmente ignora-se a extensão.