O que é BISAC?

  Questões técnicas

Criadas pelo BISG (Book Industry Study Group) – entidade norte-americana voltada para o desenvolvimento do mercado livreiro -, as categorias e subcategorias BISAC (Book Industry Standards and Communications) compõem um sistema de classificação temática de livros que, diferentemente da CDD (criada para ordenação de bibliotecas), foi pensado para aplicação no comércio . Embora bastante voltado para a cultura norte-americana, algumas empresas que atuam na comercialização de livros no Brasil vem adotando o sistema por aqui.

A estrutura do código BISAC é mais rígida (e também mais simples) do que a da CDD. O BISAC é sempre composto por três letras seguidas de seis algarismos. No código MED107000, por exemplo, o prefixo MED refere-se à categoria Medicina, enquanto a numeração 107000, no contexto da categoria Medicina, refere-se à subcategoria Genética. Perceba, no entanto, que a mesma numeração em outra categoria tem significado completamente diverso. Em BUS107000, por exemplo, BUS é o indicativo da categoria Negócios e Economia. Nesse contexto, a numeração 107000 refere-se a Sucesso Pessoal.

Assim como ocorre para a CDD, pode-se indicar mais de um código BISAC para a mesma obra, caso entenda-se que a publicação enquadra-se em mais de uma combinação de categoria e subcategoria BISAC. No MercadoEditorial.org, é obrigatório o registro de apenas um código BISAC, porém há campo para uma indicação opcional complementar.

No final de cada ano, o BISG divulga atualizações nas temática abordadas pelo BISAC, sempre de acordo com as práticas comerciais observadas no mercado norte-americano. Nessas ocasiões, a entidade informa também as melhores maneiras de migrar livros catalogados com classificações que sofreram alterações. O MercadoEditorial.org realiza automaticamente essas migrações e informa as editoras cadastradas a respeito.

Visite o site do BISG e conheça o BISAC (em inglês) no endereço: https://bisg.org/